Carreira

Quanto ganha um odontopediatra?

Quanto ganha um odontopediatra

Para quem deseja atender crianças dentro da odontologia, por exemplo, é possível descobrir quanto ganha um odontopediatra e então avaliar se é a carreira ideal para seus objetivos pessoais.

Como o nome já sugere, trata-se de um profissional que cuidará de crianças e adolescentes e por isso deve ter algumas especializações, como são os casos das técnicas de manejo em odontopediatria.

As ciências que estudam a saúde humana costumam ser divididas de acordo com a área do corpo na qual se especializam. Apesar de essa ser a principal forma de divisão do conteúdo médico, também é possível separar conhecimentos de acordo com a faixa etária dos pacientes.

Nós vamos falar sobre quais são os trabalhos realizados pelos odontologistas que a dominam, qual a sua importância para a odontologia, como obter a especialização e qual a sua faixa salarial.

Neste artigo, produzido pela redação do Centro de Desenvolvimento em Odontologia (CDO), vamos falar um pouco sobre todos os aspectos dessa condição. Boa leitura!

O que é a odontopediatria?

Antes de mencionar quanto ganha um odontopediatra, é importante conhecer mais sobre essa especialização.

Também chamada de odontologia pediátrica, a odontopediatria é uma das várias especializações disponíveis na área. O seu foco são os cuidados com a saúde bucal de crianças e adolescentes, começando desde o nascimento e seguindo até o início da vida adulta.

No Brasil, essa é uma das 23 especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO). Suas origens datam dos anos 1920, quando um grupo de odontologistas americanos decidiu dedicar-se aos estudos da saúde bucal infantil.

Assim como outras especialidades odontológicas, a odontopediatria cresceu em importância com o decorrer dos anos. Atualmente, estima-se que o Brasil tenha mais de 8 mil profissionais nesta área, atuando em instituições públicas e privadas.

Quais são os trabalhos de um odontopediatra?

Os trabalhos de um especialista da área estão todos relacionados com a saúde bucal de crianças e adolescentes e os problemas e questões mais frequentes observados nesse público. Por conta disso, seus conhecimentos são múltiplos e versáteis, mas focados.

Os profissionais podem trabalhar em uma variedade de locais, como hospitais públicos ou particulares, clínicas próprias (individuais ou não), escolas e instituições de ensino superior.

É possível atuar diretamente como odontologista ou como pesquisador científico e é por isso que pode surgir a dúvida sobre quanto ganha um odontopediatra.

Entre os principais conhecimentos que esse profissional deve ter podemos destacar todos os agregados por um cirurgião-dentista, bem como domínio de procedimentos endodônticos, restauradores, ortopédicos e preventivos, sempre focados em crianças e adolescentes.

Como adendo, é interessante notar que odontopediatras também trabalham com gestantes. Uma das possíveis atuações de um especialista na área é a odontologia pré-natal, a qual garante a manutenção da saúde bucal da mãe e do bebê.

Qual é a importância da odontopediatria?

Não adianta você se preocupar em saber quanto ganha um odontopediatra se pensar apenas na parte financeira, então precisamos frisar como essa profissão exige responsabilidade.

A importância da odontopediatria está especialmente relacionada com os cuidados direcionados. Embora muitos dos procedimentos odontológicos sejam realizados em todos os tipos de pacientes, diferentes populações requerem variados tipos de abordagens práticas.

Um odontopediatra saberá, por exemplo, qual a melhor maneira de realizar um tratamento de canal em crianças. Quais são as técnicas de sedação indicadas? Há cuidados específicos que devem ser tomados? Como será a abordagem ao paciente nessa idade?

Além de tudo isso, existem também os conhecimentos associados com o desenvolvimento e as mudanças que o corpo humano passa nas diferentes fases da vida. A estrutura bucal e dos dentes é radicalmente diferente quando comparamos um adulto com uma criança.

Quanto ganha um odontopediatra?

Por se tratar de uma expertise, odontopediatras ganham consideravelmente mais do que odontologistas sem uma especialização. Mesmo assim, os valores variam bastante, de acordo com local onde se trabalha, experiência e área geográfica.

É difícil dizer com exatidão quanto ganha um odontopediatra porque isso pode variar conforme região, data, etc. Porém, podemos afirmar que um especialista brasileiro que trabalha mais de 20 horas por semana possui uma faixa salarial entre R$ 3 mil e R$ 5 mil, com a média estando próxima dos R$ 4 mil. *Dados analisados em 2023.

É possível receber mais, é claro, se o profissional agregar experiência e outras formações e cursos.

Regiões do Sul e do Sudeste costumam oferecer salários maiores para odontopediatras, compatíveis com o custo de vida nessas partes do Brasil. Também é preciso considerar o local de trabalho, com disparidades consideráveis entre vagas para instituições públicas e as do âmbito privado.

Como se tornar um odontopediatra?

O primeiro passo para se tornar um odontopediatra é obter um diploma de odontologia em uma instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Em seguida, o profissional formado deverá buscar uma especialização dentro da área.

A partir daí, é preciso alinhar os interesses e vontades individuais com relação à atuação profissional. A odontopediatria é uma especialização absurdamente importante, mas nem todos os odontologistas se identificam com a área, o que é algo a ser considerado.

Os cursos de especialização também são realizados em universidades e costumam durar entre 2 e 3 anos, tempo adicional além dos anos já dedicados para a conquista do diploma em odontologia. Concluída a pós-graduação, o odontologista poderá atuar como especialista.

Com as credenciais necessárias, é possível começar a buscar oportunidades em instituições com vagas para odontopediatras. No trabalho, esses especialistas atuarão de maneira próxima com pediatras, outros odontologistas e demais profissionais da medicina.

Crianças são mais vulneráveis, especialmente quando falamos sobre os cuidados médicos. Dessa forma, profissionais especializados e competentes, dedicados especificamente à saúde delas, são essenciais e merecem ser devidamente reconhecidos.

Nós do Centro de Desenvolvimento em Odontologia (CDO) inovamos para trazer a você os melhores cursos de imersão, aperfeiçoamento e especialização odontológica do Brasil.

Todos os cursos para dentistas do CDO possuem emissão de certificado de conclusão e são ministrados por profissionais atuantes e referências no atendimento especializado.

Após ver aqui quanto ganha um odontopediatra, aproveite para aprofundar os conhecimentos sobre anamnese odontológica e entenda para que serve o teste da linguinha.

Em alta

Tipos de candidíase na boca – causas e sintomas

Entenda o que causa candidíase em seus pacientes, os fatores de risco e tratamentos disponíveis. Esta infecção fúngica pode surgir por …

Ler matéria

Curso para aplicação de botox: quem pode fazer?

A aplicação da toxina botulínica é um dos procedimentos mais buscado em clínicas odontológicas por todo o país. Saiba como atuar nessa área!

Ler matéria

Quais são os músculos da face? Anatomia facial

Em um rosto existem diversos músculos que desempenham determinadas funções, como a reprodução de movimentos. Conheça agora quais são!

Ler matéria

Sintomas de disfunção temporomandibular e dor orofacial

A disfunção temporomandibular (DTM) é uma síndrome que atinge milhares de pessoas, independente da idade, sexo e raça, sendo muito mais comuns em mulheres adultas. Ao se especializar na área, o dentista será capaz de compreender as características das articulações maxilares, os músculos responsáveis pela mandíbula e poderá identificar os sintomas de disfunção temporomandibular e […]

Ler matéria

Como identificar cárie na radiografia panorâmica?

Você sabia que a radiografia é uma das principais formas de diagnosticar cárie? Veja o que é e como ela pode auxiliar no seu consultório!

Ler matéria

O que é pulpectomia e quem deve fazer?

Este procedimento odontológico faz a remoção da polpa dentária infectada ou doente. A pulpectomia costuma ser uma das etapas do tratamento …

Ler matéria

Outras matérias

O que é biopulpectomia

O que é biopulpectomia?

A Biopulpectomia é um procedimento realizado pelo Endodontista a fim de conservar os dentes dos seus pacientes. Saiba quando é necessário!

O que é síndrome de Sjögren

O que é síndrome de Sjögren e por que você tem que saber mais sobre ela?

A doença auto-imune afeta glândulas salivares e requer cuidados com a saúde bucal do paciente. É importante conhecê-la para oferecer o …

Como atrair pacientes para consultório odontológico

Como atrair pacientes para consultório odontológico?

Depois de montar sua clinica odontológica é essencial que você conheça estratégias para divulgar os seus serviços. Aprenda agora com 7 dicas!

Para que serve o escaneamento intraoral.

Para que serve o escaneamento intraoral? Entenda como funciona a técnica

Você conhece o Escaneamento Intraoral? Ele é um procedimento que tem a função de escanear a arcada dentária dos seus pacientes. Saiba mais!