Entenda

Como fazer um laudo odontológico?

Como fazer um laudo odontológico

Assim como acontece com outras áreas, os documentos são muito importantes para as ciências que lidam com a saúde humana, e com o laudo odontológico não é diferente. São neles que estarão contidas informações importantes a respeito de um paciente, dos procedimentos a serem realizados e medicamentos indicados.

Entre os principais documentos médicos, podemos destacar: atestados, avisos, guias, laudos, prontuários, receituários, resultados de exames e termos. Estes são apenas quando nos atemos à prática clínica, se analisarmos o meio acadêmico, a lista será bem maior.

Os exemplos anteriores foram todos retirados do site do Conselho Federal de Medicina. Embora dentistas respondam a um órgão diferente (o Conselho Federal de Odontologia), esses documentos também estão presentes no cotidiano de um profissional da área.

Neste texto, vamos falar um pouco sobre como fazer um laudo odontológico. Presente no exercício de todos os profissionais da odontologia, ele carrega importância crucial no diagnóstico e eventual tratamento dos mais diferentes tipos de doenças bucais.

O que é um laudo médico odontológico?

Antes de explicarmos como fazer um laudo odontológico, é interessante retomar o que esse documento é. Embora existam diversas especificidades (sobre as quais vamos falar um pouco mais adiante), todos carregam uma mesma definição.

O laudo é um documento, assinado por um profissional devidamente reconhecido por órgãos fiscalizadores, no qual são relatados elementos encontrados após um exame ou análises.

No caso dos laudos odontológicos, ficam descritas informações sobre a saúde de um determinado paciente.

Entre outras coisas, o laudo se diferencia do relatório pelo caráter opinativo. Baseado nos resultados de exames e de acordo com seus conhecimentos técnicos, o dentista oferece um parecer sobre o que observou, considerando normalidade e alterações.

Assim como em outras áreas (médicas ou não), os laudos odontológicos existem em diversos tipos. O exemplo mais frequente é o radiográfico, o qual está associado com exames de radiografia e contém todos os elementos citados nos parágrafos anteriores.

Descubra como fazer um laudo odontológico

A elaboração desse documento não é difícil. Na verdade, o elemento mais desafiador não é o laudo em si, mas as análises realizadas pelo dentista antes de escrevê-lo. Nesse ponto, deverão ser utilizados conhecimentos aprendidos com a formação acadêmica.

Do ponto de vista de estrutura, alguns elementos que devem estar presentes em um relatório odontológico são: histórico clínico do paciente (incluindo idade, comorbidades, medicamentos que toma e sintomas), comparação entre exames de períodos diferentes e descobertas.

Trazendo de volta o exemplo dos laudos odontológicos radiográficos, também serão incluídas a data dos exames e as técnicas utilizadas.

Essas informações são importantes se quiser saber como fazer um laudo odontológico, pois auxiliam na interpretação do documento por parte do paciente e de outros profissionais de saúde.

Considerando tudo isso, o laudo médico é uma ferramenta poderosa para a descoberta de doenças, realização de tratamentos e cirurgias e acompanhamento de diversos tipos de condições. Essa importância é reafirmada pela assinatura do profissional que o escreveu.

Dicas para um bom laudo odontológico

Para além de elementos estruturais, um bom laudo odontológico deve seguir algumas recomendações. As mais simples são relacionadas à forma, mas elas não são as únicas. O conteúdo, acima de tudo, deve ser elaborado com cuidado.

A importância de aprender como fazer um laudo odontológico é vista por:

  • Facilitar o acesso aos dados do paciente e melhorar o fluxo das informações;
  • Realizar exames de qualidade;
  • Otimizar os processos por meio de uma melhor organização das tarefas;
  • Elaborar laudos odontológicos somente para a sua especialidade, recorrendo a outros profissionais, caso uma situação fuja da sua área de conhecimento;
  • Dar atenção aos sintomas, comorbidades e outras características do paciente, os quais podem contribuir para um diagnóstico e tratamento precoce.

E as dicas não acabam aí. Para cada tipo de laudo, diferentes atitudes podem ser tomadas para garantir que eles sejam desenvolvidos com qualidade.

No tópico seguinte, vamos falar um pouco sobre os erros ao elaborar este documento.

Principais erros de um laudo odontológico

É preciso considerar, porém, que tropeços em documentos dessa importância podem causar danos, muitas vezes, irreversíveis aos pacientes. A atenção deve ser redobrada acima de tudo!

Erros que podem ser cometidos (pelos mais diversos motivos) são: conclusão incorreta sobre exames, fechamento prematuro, má elaboração do documento, ausência de informações necessárias, omissão de avaliações e atraso no diagnóstico.

A maioria desses erros pode ser facilmente evitada, especialmente aqueles associados com os aspectos técnicos da estrutura do laudo.A padronização do documento no momento de ver como fazer um laudo odontológico, por exemplo, poupa tempo e impede que dados importantes sejam acidentalmente esquecidos.

Além disso, jamais deixe de orientar corretamente outros profissionais responsáveis pela realização de exames (como as radiografias mencionadas durante todo o texto). Um estudo mal realizado inevitavelmente levará a um laudo odontológico equivocado.

É importante lembrar de que laudos médicos são assinados por especialistas, o que significa que tratamentos subsequentes só são possíveis se o odontologista fizer um bom trabalho. Com atenção aos detalhes e organização, a tarefa se torna fácil.

Saber como fazer um laudo odontológico não é algo difícil, você precisa apenas fazer com atenção e evitar os possíveis erros. E então, ainda ficou com alguma dúvida?

Este conteúdo foi elaborado pela redação do Centro de Desenvolvimento em Odontologia (CDO), sempre inovamos para trazer a você os melhores cursos de imersão, aperfeiçoamento e especialização odontológica do Brasil.

Todos os cursos odontológicos do CDO possuem emissão de certificado de conclusão e são ministrados por profissionais atuantes e referências no atendimento especializado.

Após aprender como fazer um laudo odontológico, aproveite para seguir nosso perfil no Instagram. Você será notificado sobre novos conteúdos e turmas abertas!

Em alta

Tipos de candidíase na boca – causas e sintomas

Entenda o que causa candidíase em seus pacientes, os fatores de risco e tratamentos disponíveis. Esta infecção fúngica pode surgir por …

Ler matéria

Curso para aplicação de botox: quem pode fazer?

A aplicação da toxina botulínica é um dos procedimentos mais buscado em clínicas odontológicas por todo o país. Saiba como atuar nessa área!

Ler matéria

Quais são os músculos da face? Anatomia facial

Em um rosto existem diversos músculos que desempenham determinadas funções, como a reprodução de movimentos. Conheça agora quais são!

Ler matéria

Sintomas de disfunção temporomandibular e dor orofacial

A disfunção temporomandibular (DTM) é uma síndrome que atinge milhares de pessoas, independente da idade, sexo e raça, sendo muito mais comuns em mulheres adultas. Ao se especializar na área, o dentista será capaz de compreender as características das articulações maxilares, os músculos responsáveis pela mandíbula e poderá identificar os sintomas de disfunção temporomandibular e […]

Ler matéria

Como identificar cárie na radiografia panorâmica?

Você sabia que a radiografia é uma das principais formas de diagnosticar cárie? Veja o que é e como ela pode auxiliar no seu consultório!

Ler matéria

O que é pulpectomia e quem deve fazer?

Este procedimento odontológico faz a remoção da polpa dentária infectada ou doente. A pulpectomia costuma ser uma das etapas do tratamento …

Ler matéria

Outras matérias

O que é odontologia estética

O que é odontologia estética?

Você sabia que a odontologia estética é uma especialidade que agrega beleza e saúde aos sorrisos dos pacientes? Confira como atuar na área!

O que é CAD/CAM na odontologia

O que é CAD/CAM na odontologia?

A tecnologia CAD/CAM permite a criação de próteses dentárias mais naturais, garantindo a satisfação dos seus pacientes. Confira as vantagens!

O que é lip lift?

O que é lip lift?

Este é um procedimento de cirurgia plástica que modifica a aparência estética dos lábios e que é muito buscado em consultórios odontológicos.

Quais procedimentos estéticos o dentista pode fazer?

Quais procedimentos estéticos o dentista pode fazer?

Quer saber quais procedimentos estéticos o dentista pode fazer? Confira alguns, que vão desde clareamento dental até harmonização facial!